Pelotas, RS, Domingo, 27.06.2004
busca nesta edição
 
Adicionar Diário Popular aos favoritos
Diário Popular como página inicial
Favoritos
Pag. inicial
Capa
Charge
Contracapa
Seções
Cidade
Cultura
Economia
Esporte
Estado
Exterior
Nacional
Polícia
Rural
Zona sul
Colunas
Artigo
Editorial
Espaço livre
Espeto Corrido
Instantâneos
Maria Alice Estrella
Mário Osório Magalhães
Ponto de Vista
Thais Russomano
Turfe
Cadernos
Estilo
Gente

 


 

Cidade: Pensão Assistida é pioneira na cidade


Desde o dia 16 de junho dez portadores de transtornos psíquicos foram deslocados do Albergue Noturno Pelotense Adolfo Fetter, onde viviam há aproximadamente dois anos, para a Pensão Assistida, na rua Almirante Barroso, 1.570. O serviço exclusivo a doentes mentais que moravam nas ruas é pioneiro na cidade. Ali, numa casa com peças amplas e jardim ensolarado, eles têm a medicação controlada e recebem acompanhamento médico clínico, psicológico, noções de higiene e, talvez o mais importante, ajudam nas atividades diárias da casa, tais como arrumar as camas e preparar as refeições. "É o mais próximo que se pode chegar de um lar. É impressionante a velocidade de recuperação deles quando são tratados com respeito e dignidade", comenta a enfermeira Adriane Szortyka, de 28 anos, que acompanha o grupo há dois anos.
Fazem parte do quadro funcional da pensão a coordenadora, educadores sociais, um estagiário de educação física, a enfermeira e auxiliares de serviços gerais. Diariamente, na parte da tarde, os pacientes freqüentam o Caps Escola e participam de oficinas terapêuticas. Pertencem ao grupo alguns doentes que estiveram anos nas ruas pelotenses, tais como o Tafarel e uma mulher que costumava ficar diante do Shopping Center Praça XV (inacabado), pela rua Andrade Neves. JAL


»Cidade

 
 
Melhor se visualizado com Internet Explorer 5.0 ou superior resolução mínima 800x600.
- www.diariopopular.com.br - Todos os direitos reservados a Gráfica Diário Popular Ltda.
Rua XV de Novembro, 718 - Telefone:(0xx53) 284-7000 - Pelotas/RS